Pingos no infinito — Depressão com Poesia

Do que a água nos conta Suor Chuva Lágrimas Doce ou salgada Gotas incontáveis Alma No céu do corpo Tempestade e Azul índigo Gostos e desgostos Inexprimíveis Pingos no infinito Escorrem e vão À clarear O firmamento. The post Pingos no infinito appeared first on Depressão com Poesia.

Pingos no infinito — Depressão com Poesia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.